DHA e saúde visual

O DHA é essencial para o bom funcionamento das células visuais (fotorrecetores), sendo um nutriente chave para a saúde ocular. A retina é o ‘ecrã’ onde se reflete as imagens do que vemos. Na sua zona mais central está a mácula, que é um dos tecidos corporais que mais DHA concentra (mais de 50%!) e que é o responsável por vermos os objetos nitidamente. Daí a importância do DHA como suporte chave para a saúde da retina. De facto, diversos estudos constataram o importante apoio que o DHA oferece em casos de alterações de retina (ex. degeneração macular, retinite pigmentosa, etc.).

Por outro lado, uma boa lubrificação do olho é o aspeto chave para manter uma superfície do olho saudável. A camada mais superficial da película lacrimal é formada por uma fina capa gorda segregada por umas pequenas glândulas sebáceas situadas nas pálpebras, que previnem a evaporação da camada de água situada justamente por baixo e com ela a ocorrência de problemas na superfície ocular (ex. olho seco, úlceras da córnea, etc.). Diferentes estudos demonstraram a importância do DHA para manter uma qualidade ótima da película lipídica que banha o olho.

Dessa forma, diversos estudos constataram que o DHA promove a regeneração dos nervos da córnea. Este facto é importante face a uma recuperação ótima de úlceras da córnea (‘branco do olho’).

  • Cortina MS, He J, Li N, Bazan NG, Bazan HE (2010) Neuroprotectin D1 synthesis and corneal nerve regeneration after experimental surgery and treatment with PEDF plus DHA.Invest Ophthalmol Vis Sci. 51(2):804-10
  • SanGiovanni JP, Chew EY (2005) The role of omega-3 long-chain polyunsaturated fatty acids in health and disease of the retina.Prog Retin Eye Res. 24(1):87-138
  • Souhied EH (2012) Nutritional Supplements and Age-Related Macular Degeneration. Focus on omega-3 fatty acids. European Ophtalmic Review 6 (1): 43-7